Está aí uma polêmica que poderá ser interpretada de forma menos complicada. A ASIVERDE vem esclarecer resumidamente a distinção entre a competência principal de um sindicato e de uma associação.
A ASIEF/ ASIVERDE nasceu em um contexto da representação dos servidores do IEF, em 14 de Julho de 1978, e foi declarada de utilidade pública pela Lei Estadual 007870 de 20/11/1980.
Em 04 de Junho de1993, a então Diretoria da ASIEF, composta pelo Romildo Borges, Vicentino Pereira, Rosíleia Ávila e João Paulo Domenici, com o apoio dos seus associados, adquiriu sua sede própria, na Rua São Paulo, nº 893, sala 1.303.
Com a criação do SISEMA, a ASIEF viu a necessidade de se estruturar para enfrentar os desafios lançados no novo cenário. Assim, a Diretoria da ASIEF, atendendo pedidos e sugestões de seus associados, elaborou um novo projeto de Estatuto para que a Associação pudesse fazer a transição da ASIEF para uma gestão adequada ao novo contexto uma vez que muitos dos associados foram transferidos para outros órgãos sem a possibilidade de continuar a contribuir através de desconto em folha.
No dia 25 de Maio de 2009, foi realizada a Assembleia Geral que alterou o nome de ASIEF para ASIVERDE e aprovou o Novo Estatuto já com as necessárias modificações.
Em 2010, dando continuidade a seu trabalho, a associação adquiriu duas salas no mesmo edifício da sede anterior, porém no 3º andar, conjunto 305.
A atual Diretoria, Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal, visando solidificar cada dia mais a nossa associação, em outubro de 2014 adquiriu mais uma sala no mesmo prédio da sua sede aumentando, assim, o patrimônio de seu Associado,  sala  1.202.
A Associação, através do seu departamento jurídico, já resgatou para aqueles associados que entraram na justiça, mais de R$ 8.600.000,00 referentes a: apostilamento, URV, 10%, progressão entre outros e sem ônus para o associado. O advogado não é somente para as defesas em ações administrativas, ele também pode servir aconselhando.
Tudo isso foi possível graça a sintonia, participação e envolvimento de todos os Diretores do Conselho Deliberativo e Fiscal e, principalmente do Associado, dando seu conhecimento e seu tempo possível para nosso sucesso.
Durante todo este tempo tem procurado ampliar e manter os benefícios para os associados tais como: convênios nas áreas de saúde, comércio, prestação de serviços, seguro de vida, auxilio pós-morte e assistência jurídica.
Em julho de 2011 A ASIERDE, sob a presidência do Romildo Borges do Amaral e a ASSEMA, sob a presidência do Raimundo Nonato Frota Fernandes, atendendo solicitação de um grupo de servidores assumiram a frente de um movimento visando à mobilização dos servidores para criar uma pauta de reivindicações de melhores condições de trabalho e salário.
A ASIVERDE e a ASSEMA abraçaram a causa e na primeira Assembleia dos servidores foi criada a "Comissão de Negociação" que em muito enriqueceu e fortaleceu o nosso movimento.
Um dos resultados práticos foi à incorporação da parte linear da GEDAMA no salario do servidor.
Durante as assembleias realizadas foi criada a “Comissão de Negociação” para negociar em nome dos servidores, uma vez que as associações não tem representatividade em nome de todos os servidores, mas somente em nome de seus associados.
Aflorou-se, então, a necessidade de se criar um Sindicato representativo da classe, e em 2014 o SINDISSEMA tornou-se uma realidade.
O surgimento do SINDISEMA veio para fortalecer, ainda mais, os servidores do SISEMA, ou seja, de toda uma categoria de servidores, e em momento algum tira a representatividade das associações que defende somente seus ASSOCIADOS.
Para evitar celeuma resumidamente vejamos a diferença:

SINDICATO: Representa todos os trabalhadores de uma categoria profissional ou de trabalhadores que laboram para um empreendimento empresarial ou Instituição, discutindo e definindo as cláusulas do contrato coletivo do trabalho. Podendo agir em juízo na defesa dos interesses da categoria.
Nesta hipótese, representa todos os trabalhadores, independentemente dos mesmos serem sindicalizados (associados) ou não, inclusive perante o Judiciário.
 
ASSOCIAÇÃO:Representa apenas seus associados em todas as demais áreas do associativismo civil, exceto em questões de direito Coletivo do Trabalho, mas pode perfeitamente promover atividades reivindicatórias.
É possível que haja no mesmo local um sindicato da categoria e uma associação da mesma categoria, ou até mesmo mais de uma associação.
Independemente o trabalhador (servidor) pode livremente ser filiado a ambas as instituições.
 
O sindicato cuidará das questões de direito Coletivo do Trabalho e é o único legitimado a sentar-se a mesa e participar das rodadas de negociação,
A associação cuidará ou será a pessoa jurídica que atuará na promoção do bem de vida dos servidores, mas apenas dos associados,
Ora, onde reside a diferença?A diferença está em que: os benefícios do associativismo somente são possíveis àqueles que são associados, ou seja, somente o associado poderá beneficiar-se dos convênios diferenciados e vários outros direitos, os demais servidores não.
Quanto ao sindicato, somente ele poderá cuidar do direito Coletivo do Trabalho, representando a todos, sindicalizados e os não sindicalizados. Mas nada impede do Sindicato atuar como uma  associação civil, no cooperativismo e no associativismo, mas somete para seu associado e não coletivo.
Fiquemos unidos, pois, o desafio é construirmos, no dia a dia, uma parceria mais forte, atuante e sustentável para que possamos alcançar nossos objetivos. A Associação só faz parceria com Sindicato quando convidada e vice-versa.
ASIVERDE sempre ao lado do Associado.

                                                                                                                                B. Hte. 23/03/15

Acessos: 485

Search

Acesso Restrito